Ações da PagSeguro sobem 35,8% em estreia na Bolsa de Valores de Nova York

A estreia da credenciadora de cartões PagSeguro (PAGS) na Nyse (Bolsa de Valores de Nova York, na sigla em inglês) nesta 4ª feira (25.jan.2018) foi 1 sucesso. Os papéis da empresa –que pertence ao UOL, do Grupo Folha– subiram 35,8% ontem, a US$ 29,20. Seu valor de mercado chegou a US$ 9,3 bilhões (cerca de R$ 29,3 bilhões).

O IPO registrou recordes. Foi a maior abertura de capital de uma empresa estrangeira na NYSE (US$ 2, 7 bilhões) desde a operação do Alibaba, em 2014, que, à época, movimentou US$ 25 bilhões. Outra marca alcançada: foi o maior IPO de uma empresa brasileira. O último, em 2013, havia sido da BB Seguridade (US$ 5,7 bilhões). Eis 1 vídeo do momento em que as ações começaram a ser negociadas:

A empresa está em crescimento –a estimativa é de que seu lucro alcance os R$ 480 milhões em 2017– e seus planos são ambiciosos. Escolheu a NYSE –e não a bolsa brasileira– como parte da estratégia de estar na mira e captar recursos de fundos de investimento estrangeiros e grandes empresas. No mercado internacional, o foco é competir com empresas como PayPal.

Eis os bancos responsáveis pela coordenação da operação:

  • Morgan Stanley;
  • Bank of America Merrill Lynch;
  • Deutsche Bank;
  • J.P. Morgan;
  • Goldman Sachs;
  • Credit Suisse;
  • Bradesco BBI;
  • Itaú BBA.

Você pode gostar...