Educadores brasileiros participam da 1ª edição do Programa STEM TechCamp Brasil 2018

Sessenta educadores dos 26 estados brasileiros e do Distrito Federal foram selecionados para participar da primeira edição do STEM TechCamp Brasil 2018 – iniciativa voltada à aprendizagem ativa de STEM nas redes públicas de educação básica do Brasil. O programa terá duração de 12 meses e visa oferecer ferramentas inovadoras para o ensino das Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática (STEM em inglês) para professores do ensino médio da rede pública e, consequentemente, preparar melhor os jovens para os desafios do século XXI. O STEM TechCamp Brasil 2018 também contará com encontros presenciais dos educadores selecionados, sendo que e o primeiro será realizado de 19 a 23 de fevereiro, na Universidade de São Paulo (USP).

Durante o evento, os educadores terão atividades com as equipes do TechCamp de Washington – EUA e especialistas selecionados pela USP, palestras com líderes educacionais e de empreendedorismo, discussões em grupo, construção de coletivas e dinâmicas utilizando técnicas de Design Thinking e elaboração da primeira versão das respectivas propostas de Planejamentos Estratégicos para implementação em suas comunidades escolares.

STEM TechCamp BRASIL 2018 é uma iniciativa da Missão Diplomática dos Estados Unidos no Brasil, em parceria com o Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico (LSI-TEC) e apoio da Poli-USP, do Grupo +Unidos, Febrace – Feira Brasileira de Ciências e Engenharia e Engenharia e do Conselho Nacional de Secretários de Educação (CONSED).

Durante essa formação, cada professor terá a oportunidade de apresentar uma experiência científica que já desenvolveu em sua escola. Alguns projetos de destaque vão integrar a delegação da FEBRACE para serem apresentados na maior Feira Internacional de Ciência e Engenharia (Intel International Science and Engineering (INTEL-ISEF 2018), na cidade de Pittsburgh, nos EUA, e no Painel de “Estratégias e Ações de Destaque voltadas a STEM em Redes Públicas de Educação”, na edição de 2019 da FEBRACE.

 

Você pode gostar...