Nubank chega a 1,5 milhão de contas digitais

Com essa base, fintech torna-se a maior entre os bancos puramente digitais do Brasil, como o Banco Inter SA, o Banco Agiplan e o Banco Original

A empresa brasileira de tecnologia financeira Nubank anunciou na quarta-feira que começou a oferecer contas bancárias digitais para pessoas que não fazem parte de sua atual base de clientes de cartões de crédito, aumentando a concorrência com os bancos tradicionais. O Nubank abriu contas digitais para 1,5 milhão de clientes durante um período de testes limitado a uma parcela de seus 4 milhões de detentores de cartões de crédito, disse o presidente-executivo David Velez à Reuters.

Mais conhecida por seu cartão de crédito roxo sem taxas, o Nubank lançou contas bancárias digitais em outubro de 2017 como parte de um plano para oferecer uma gama mais ampla de produtos financeiros.

A base inicial de 1,5 milhão de clientes significa que o Nubank já é maior do que os maiores bancos puramente digitais do Brasil, como o Banco Inter SA, o Banco Agiplan e o Banco Original. Mas ainda está muito atrás dos dois maiores bancos tradicionais privados do Brasil, o Banco Bradesco e o Itaú Unibanco , que têm mais de 20 milhões de clientes cada. O Nubank é um provedor de serviços de pagamento, não um banco, portanto, suas contas oferecem uma gama menor de serviços do que um banco tradicional, mas têm a vantagem de ser gratuitas. Os serviços incluem transferências, pagamento de contas e poupança.

Velez disse que o Nubank lançará mais produtos financeiros nos próximos meses, sem especificar os tipos de produtos. Contas bancárias digitais têm um papel de liderança na atração de clientes, disse ele. Devido a rigorosas verificações de crédito, a emissão de cartões de crédito é negada a muitos brasileiros, limitando o alcance do Nubank. O Nubank já levantou 330 milhões de dólares em seis rodadas de financiamento destinadas à expansão.

Você também poderá gostar...